Por que o turnover tem aumentando tantos nas empresas? Devemos nos acostumar com números cada vez maiores?

Turnover é o termo usado para se referir a rotatividade de profissionais em uma empresa. Isso é, trata-se de uma métrica que expressa o fluxo de entrada e saída de colaboradores. 

Estamos atravessando um período de intensas transformações no ambiente profissional. Hoje, empresas precisam estar preparadas para oferecer melhor estrutura, flexibilidade e benefícios para manter os talentos na equipe. 

Um índice de rotatividade muito elevado indica a necessidade de identificar as causas do problema. Para isso, é necessário ir além dos números: existem diversos tipos de turnover e inúmeras possíveis razões para o desligamento. 

Nesse artigo, você aprende como mensurar, identificar e reduzir a taxa de rotatividade na sua empresa. 

Como mensurar o turnover da sua empresa

como calcular o turnover
Aprenda como calcular o índice de turnover na sua empresa.

Toda empresa tem uma taxa de rotatividade. No entanto, quando esse indicador está muito elevado, é interessante entender as causas do problema. 

A retenção de talentos na equipe está entre as principais preocupações no setor de RH. Assim, alta rotatividade é um desafio, em especial para cargos altamente especializados. 

O cálculo do índice de turnover é feito com base na relação do número de colaboradores contratados com a quantidade de desligamentos. Primeiro, somamos esses dados e dividimos o resultado por 2. 

Depois, o resultado é dividido pelo número total de pessoas da empresa e multiplicar por 100, para obter um percentual.

{[(Contratações + Demissões) / 2] / Número Total de Funcionários} x 100

Para ficar mais claro, vamos usar um exemplo: 

Imagine que uma empresa tenha contratado 10 colaboradores e desligado 22. O número total de profissionais da empresa é 300. Nossa conta, então, fica assim: 

10 + 22 / 2 = 16

16 / 300 = 0,053

0,053 x 100 = 5,3% de turnover

Vale lembrar que esse cálculo indica a rotatividade geral da empresa. Para análises mais completas, existem metodologias capazes de gerar dados mais precisos e detalhados. 

Qual o percentual de turnover ideal? 

qual o turnover ideal
Qual deve ser a meta de turnover anual?

Toda a empresa é única. Assim, é muito difícil determinar qual é o turnover ideal. Esse indicador depende de fatores complexos, como momento econômico, situação financeira e políticas da empresa.

Muitos especialistas apontam a taxa ideal como até 10% ao ano. No entanto, essa métrica varia muito dependendo do setor e modelo de negócio. Por exemplo, entre bancos, a média de turnover anual fica entre os 20 e 30%. Já no varejo, os números chegam a variar entre 40 e 70%.

Para o Brasil, a média de turnover anual, sem considerar setores específicos, aproxima-se de 25%.

Por que é importante ficar de olho nessa métrica?

Um índice de turnover muito alto pode prejudicar muito o orçamento e produtividade de uma empresa. 

Primeiro, os processos de desligamento, recrutamento, seleção, treinamento e onboarding demanda muitos recursos. Tanto na questão financeira, quanto na dedicação de profissionais de RH especializados. 

O maior dano, no entanto, acaba atingindo a equipe, produtividade e imagem da empresa. 

Quando sua equipe está sempre mudando, é difícil que os profissionais desenvolvam um bom relacionamento profissional e ritmo de trabalho. Ainda, colaboradores insatisfeitos costumam a compartilhar suas experiências com seus colegas, impactando a motivação da equipe. 

A credibilidade da empresa também fica em risco. Com o amplo uso das redes sociais e sites especializados, não é difícil descobrir problemas com o clima organizacional ou liderança em empresas.  

Tipos de turnover

É importante entender que o turnover não abrange apenas os processos de demissão e contratação. Afastamentos, transferências e aposentadorias, por exemplo, também afetam o índice.

Assim, existem diversos tipos de turnover. Vamos classificar o índice, inicialmente, em quatro categorias: involuntário, voluntário, funcional ou disfuncional. Entenda melhor: 

Voluntário

Quando um colaborador decide encerrar o vínculo com a empresa, temos o turnover voluntário. Isso é, a decisão de sair do cargo foi do próprio profissional. 

Mais comum entre executivos e profissionais altamente qualificados, esse tipo de turnover geralmente ocorre por que o colaborador: 

  • Recebeu uma proposta de trabalho melhor de outra empresa; 
  • Não está satisfeito com o ambiente de trabalho e clima organizacional
  • Não conta com um plano de carreira e expectativas de crescimento profissional na empresa. 

Ou seja: um índice de turnover voluntário alto pode indicar sérios problemas com o ambiente organizacional na sua empresa. 

Involuntário

Já no turnover involuntário, a saída do colaborador é uma decisão da empresa. Geralmente, as causas são: 

  • Baixo desempenho;
  • Falta de aderência à cultura da empresa;
  • Quebra de contrato;
  • Dificuldades financeiras na empresa;
  • Comportamento antiético por parte do profissional. 

Mesmo sendo uma decisão da empresa, é preciso lembrar que esse tipo de turnover gera altos custos com desligamento, rescisão e um novo processo seletivo. 

Quando o indicador de turnover involuntário está muito alto, é possível que ajustes no processo de recrutamento e onboarding sejam necessários. 

Funcional

O turnover funcional acontece quando um colaborador com desempenho ineficiente solicita o próprio desligamento

Como não gera custos com encargos trabalhistas decorrentes da demissão, esse tipo de rotatividade não gera tantos problemas. No entanto, ainda é preciso investir tempo em recursos no processo seletivo. 

Disfuncional

Finalmente, o turnover disfuncional acontece quando um colaborador com bom desempenho e perfil alinhado com a empresa solicita o desligamento. 

Esse tipo de rotatividade pode indicar problemas na retenção de talentos, necessidade de melhorias na liderança ou ambiente de trabalho. 

Entendendo as principais causas do turnover

Segundo matéria publicada pela G1, 8 em cada 10 profissionais pedem demissão devido a problemas com a liderança

Cada vez mais profissionais valorizam um ambiente de trabalho harmonioso e emocionalmente saudável. Dessa forma, treinar líderes com as habilidades necessárias para resolver conflitos e promover a comunicação transparente e assertiva é essencial. 

Claro, esse tipo de problema não é a única causa para a elevação da taxa de turnover. Alguns outros desafios ressaltados por colaboradores e pesquisadores são: 

  • Ausência de uma cultura organizacional sólida e compatível com os valores do colaborador; 
  • Trabalho em excesso, acumulo de funções ou metas não realistas; 
  • Oportunidades com melhores salários e benefícios; 
  • Falta de feedback, reconhecimento profissional ou plano de carreira; 
  • Ambiente de trabalho tóxico ou negativo. 

Contar com uma consultoria especializada é uma maneira simples e eficaz de encontrar a causa do problema com turnover. Assim, é possível implementar soluções mais assertivas.

Como reduzir o índice de turnover na sua empresa

como reduzir o turnover
Um processo seletivo de qualidade é fundamental na redução do turnover.

Sua empresa é única, e conta com seus desafios e necessidades particulares. Por isso, a forma mais eficaz de corrigir problemas como o turnover elevado é através de uma análise personalizada.

As medidas mais assertivas na redução do turnover são o desenvolvimento da liderança e o foco em processos seletivos detalhados e eficazes. O líder faz toda a diferença na retenção de talentos, motivação e engajamento da equipe. No entanto, sem um processo seletivo adequado, nem mesmo a melhor liderança é capaz de impedir um turnover excessivo.

Entre em contato com a Kaptas para garantir a seleção dos melhores profissionais para as oportunidades na sua empresa.

Conheça as soluções da Kaptas para recrutamento e seleção! Não deixe também de acompanhar nossas redes sociais para receber dicas e novidades para o RH da sua empresa.

Fique por dentro das novidades!

Inscreva-se na nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos e informações importantes para o recrutamento da sua empresa.